Categoria: Saúde
CÓDIGO: 18109447
TÍTULO: Cordas Virtuais
DESDE: 04-2010
AUTOR / RESPONSÁVEL: Flávia Tamarindo
URL: cordasvirtuais.blogspot.com/
Você pode votar 1 vez por email, por Facebook e pelo Twitter

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Fonoaudiólogos na Semana do Aleitamento Materno

Fonoaudiólogos promoverão ações na Semana do Aleitamento Materno.

O Conselho Regional de Fonoaudiologia 4ª Região irá promover ações educativas durante a Semana do Aleitamento Materno (Smam), que será comemorada em diversos países entre os dias 2 e 8 de agosto.

Na segunda-feira (2)será a abertura do evento, no Recife, e está marcada para às 10h no IMIP. A ideia é mostrar a importância do fonoaudiólogo nesta etapa da vida do bebê e mostrar os benefícios da amamentação natural no peito, sem o uso de mamadeira.
De acordo com a coordenadora da campanha em Pernambuco, Viviany Meireles, a amamentação correta ajuda no desenvolvimento da fala e amadurecimento da respiração, do ato de engolir e mastigação da criança. Sugar o leito direto no peito também é importante, pois o bebê fortelece os músculos e ossos da região da boca e da cabeça.

Quarta-feira (4 de Agosto)

- Fonoaudiólogos estarão disponíveis para tirar dúvidas sobre a amamentação.

Local:Hospital Esperança
Horário: 8h às 12h e das 14h às 17h.

Sexta-feira (8 de Agosto)

- Oficina de sensibilização de aleitamento materno.
Local: Biblioteca de Afogados.
Horário: 8h às 12h e das 14h às 17h.

* Hospital Esperança (Rua Antonio Gomes de Freitas, 265, Ilha do Leite)

Biblioteca de Afogados (Rua Jacira, Afogados)





Fontes: pe360graus.globo.com / portal.saude.gov.br

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Bolsa de Estudo nos EUA


Você trabalha na área de Audiologia?

A empresa Starkey do Brasil publicou a abertura do curso de Bolsa de Estudo do Programa de Extensão em conjunto com a Starkey Laboratories/MN. O curso contará com um programa intensivo na área de adaptação de aparelhos auditivos na Starkey Laboratories, nos Estados Unidos da América.

O processo seletivo ocorrerá durante o próximo Congresso de Fonoaudiologia que será em Setembro, no dia 21/09/2010. As inscrições vão até o dia 15 de Agosto.

Quem tiver interesse, acesse o link abaixo onde tem todas as informações:

Requisitos para bolsa de estudo em Audiologia

Abraço.
Boa Sorte!

Fonoaudiologia Escolar/Educacional

O Conselho Regional de Fonoaudiologia  2a Região lançou este ano o livro: FONOAUDIOLOGIA NA EDUCAÇÃO Políticas Públicas e Atuação do Fonoaudiólogo.
Acabo de ler e gostaria de compartilhar com vocês.

O livro foi elaborado por uma comissão de especialistas na área formada por vários fonoaudiólogos. Entre os diversos pontos abordados, retrata todo o percurso da Fonoaudiologia na Educação mostrando a importância da atuação do fonoaudiólogo inserido nesse contexto, o perfil desse profissional e ações do mesmo nessa área.

Riquíssimo em informações e reflexões sobre a nossa atuação na Educação.

Não deixem de ler todo o livro.

Está disponível no link abaixo:

Políticas Públicas e Atuação do Fonoaudiólogo

Se você também já leu, deixe o seu comentário.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

SIEMENS no 18º Congresso Nacional de Fonoaudiologia

Olá pessoal,
A empresa SIEMENS, líder em tecnologia, apresentará no próximo Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia as mais recentes novidades do mercado na área de aparelhos auditivos. São os BEST SOUND TECHNOLOGY.

Mostrará também o aparelho auditivo SIEMENS LIFE, que apresenta recurso de mascaramento de zumbido, assim como, um Programa de Auxílio ao tratamento do Zumbido desenvolvido pela empresa.



Aproveito a oportunidade para divulgar a Palestra programada pela SIEMENS para o Congresso de Fonoaudiologia.

Tema da Palestra: As mais avançadas tecnologias a favor do paciente; perda auditiva e zumbido.
Parte 1: Tecnologia e perda auditiva. O que realmente ajuda nossos pacientes.
Parte 2: Paciente com zumbido. O que nós fonoaudiólogos podemos fazer por ele?
Palestrante: Mirella Boaglio Horiuti
Mini currículo: Graduação em Fonoaudiologia pela PUC/SP; Especialista em Distúrbios da Comunicação Humana pela UNIFESP/EPM; Mestre em Ciências Otorrinolaringológicas pela UNIFESP/EPM; Gerente de Produtos da SIEMENS Audiologia do Brasil.

Grande abraço.
Nos encontraremos lá!!!

Flávia Tamarindo 

Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Trabalhos Científicos - 18º Congresso de Fonoaudiologia


Colegas Fonoaudiólogos, abaixo seguem os links para acesso aos temas de trabalhos científicos que estarão presentes no 18º Congresso Nacional de Fonoaudiologia.

Precisamente 1668 trabalhos científicos foram enviados para avaliação na forma de pôster, comunicação oral e para o prêmio Excelência em Fonoaudiologia.


A lista final está aí.

Pôsteres
Comunicação Oral
Prêmio Excelência em Fonoaudiologia

Informem-se e até lá!!

sábado, 17 de julho de 2010

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Deficiência Visual


Olá pessoal, semanas atrás assisti aulas na Pós-Graduação com o Professor Carlos Mosquera
M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A-S. Entre as diversas questões abordadas pude vivenciar a iniciação da aprendizagem do Método BRAILLE - método que os cegos utilizam para ler e escrever.
Estou amando conhecer mais sobre os recursos utilizados na educação de pessoas com cegueira e baixa visão. Estou aprendendo entre tantas coisas interessantes, o BRAILLE! e gostaria de compartilhar com vocês alguns sites com informações importantes nessa área.

A quem interessar, aí segue:

1- Placas de ISHIHARA http://www.isoolhos.com.br/upload/ishihara.pps  - Aqui você encontrará as placas de Ishihara que podem ser utilizadas pelo professor em sala de aula (sugestão) para testar a visão de cores com seus alunos. O teste possui 38 placas e consiste na apresentação de números coloridos, acompanhados de outras cores ao fundo. Além de investigar se o aluno apresenta uma visão compatível com as cores apresentadas, avalia a percepção correta dos números diferentes apresentados, o que pode configurar-se deficiência para alguma cor. * Lembrando que é apenas um teste onde em caso de dificuldades apresentadas por aluno(s), o professor deve ter a iniciativa de por meio da escola encaminhá-lo(s), orientando a família para uma consulta com o Médico Oftalmologista. Apenas o médico dará o diagnóstico.

2- MÉTODO BRAILLE http://www.braillevirtual.fe.usp.br/ - Uma maneira de praticar sozinho o Braille. É um site prático, bem organizado e rico em informações sobre o Método.

3- MÉTODO SOROBAN * http://www.sorobanbrasil.com.br/produtos/livros.html - Neste site encontra-se de maneira bem explicada a história do SOROBAN- recurso utilizado principalmente por pessoas cegas para realizarem cálculos matemáticos. Há também formas de confeccionar um SOROBAN com materiais bem simples. Estou providenciando o meu.
*http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/pre_soroban.pdf  - Um site do Governo Federal que aborda também o SOROBAN com profundidade. Vale a pena conhecer e aprender!! Divulguem!

4- LARAMARA - Associação Brasileira de Assistência ao Deficiente Visual - http://www.laramara.org.br/ -  Localizado em São Paulo, o espaço LARAMARA é uma Organização da sociedade civil que apoia a inclusão educacional e social da pessoa com deficiência visual. Um espaço especialmente preparado para essas pessoas desenvolverem sua autonomia. Há também uma loja virtual bem legal com livros diversos e em Braille, instrumentos e equipamentos para pessoas com deficiência visual, especialmente crianças. Tenho o Livro: Brincar para Todos da LARAMARA com várias ideias de atividades, brincadeiras e materiais para serem confeccionados com o objetivo de promover o desenvolvimento e a aprendizagem de diversas crianças. Muito bom.



Dadas as dicas, lançado o desafio:




Encontre maneiras, ideias práticas de produzir o SOROBAN, atividades em BRAILLE e compartilhe aqui. Participe!!!

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Aprovadas duas novas especialidades para Fonoaudiólogos

O Conselho Federal de Fonoaudiologia  (CFFa) aprovou no primeiro deste ano duas novas especialidades para os Fonoaudiólogos: Disfagia e a Fonoaudiologia Educacional/Escolar. Para ser reconhecido como especialista pelo CFFa, o fonoaudiólogo terá que se submeter a uma prova específica. A previsão de realização dessas provas, assim como todas as outras especializações anteriormente reconhececidas pelo Conselho, têm previsão de realização anuais.

As duas novas especialdades vieram após sugestões de Conselhos Regionais, associações, entidades profissionais de fonoaudiólogos e cunsulta pública realizada entre outubro e novembro de 2009. Antes desse reconhecimento, as atividades do especilaista em Disfagia eram de competência dos especializados em Motricidade Orofacial, e as de Fonoaudiologia Educacional/Escolar, dos especializados em Linguagem.
A Disfagia foi regulamentada pela Resolução CFFa nº 383, de 20/03/2010. Antes disso, a Resolução nº 356, de 6/12/2008, reconhecia a competência legal do fonoaudiólogo para atuar nas Disfagias Orofaríngeas.

A Fonoaudiologia Educacional/Escolar ainda aguarda normatização. Duas resoluções anteriores à sua criação foram a 309/05, sobre a atuação do Fonoaudiólogo nos ensinos infatil, fundamental, médio, especial e superior, e a nº 320/06, sobre as especialidades reconhecidas pelo CFFa.


Disfagia

A dificuldade de engolir é um sintoma comum de diversas doenças e pode ser causada por alterações neurológicas, como o acidente vascular cerebral (AVC), ou doenças neurológicas ou neuromusculares e também alterações locais-obstrutivas.
O tratamento fonoaudiológico para a doença é essencial, pois evita complicações respiratórias, nutricionais, internações prolongadas e diminui a exposição de pacientes a infecções hospitalares.

Fonoaudiologia Educacional/Escolar
A atuação do fonoaudiólogo que trabalha em escolas é diferente da do profissional que atua em clínicas e hospitais, Na escola, o Fonoaudiólogo atua de forma preventiva e educacional, enquanto em clínicas e em hospitais sua atuação é terapêutica e preventiva. O Fonoaudiólogo não atua apenas com alunos. O profissional também trabalha com os professores no aprimoramento da oratória. "O foco principal é a educação. O fonoaudiólogo vai atuar orientando professores a melhorar suas condições de aula e auxiliando os alunos a entender e se expressar melhor", afirma o fonoaudiólogo e conselheiro do CFFa Jaime Luiz Zorzi.
Zorzi ainda afirma que sempre houve necessidade de fonoaudiólogos nas escolas e que a atuação dele necessariamente deve ser em grupo. " Ajudar alunos com deficiências, como deficientes auditivos, sempre foi competência do fonoaudiólogo. Devemos trabalhar sempre em grupo, fazendo uma conexão aluno-professor-fonoaudiólogo". 



Sabendo mais!!

FONOAUDIÓLOGOS EDUCACIONAIS/ESCOLARES


Com alunos

1- Otimizar o desenvolvimento da linguagem oral, leitura e escrita;
2- Promover estrtégias de prevenção, preservação e controle de abusos e riscos para avoz e a audição;
3- Estimular a eliminação de hábitos inadequados relacionados às alterações fonoaudiológicas;
4- Detectar precocemente alterações fonoaudiológicas relacionadas à audição, motricidade orofacial, voz e linguagem oral e escrita;
5- Encaminhar para profissionais, quando necessário, e acompanhar os tratamentos externos à escola.

Com professores

1- Orientar quanto aos cuidados com a voz;
Ensinar estratégias vocais para conservçã e maximização da voz, durante o uso profissional.
3- Promover informações quanto às alterações fonoaudiológicas, como desenvolvimento ormal da linguagem oral, leitura e escrita, e como estes podem ser otimizados na sala de aula;
4- Capacitar o profissional para detecção de possíveis alterações fonoaudiológicas que seus alunos venham a apresentar;
5- Encaminhar o professor que tenha alterações vocais para atendimento fonoaudiológico.

Com pais

1- Orientar sobre o desenvolvimento normal da criança e as alterações fonoaudiológicas comuns na infância;
2- Orientar sobre a importância do estímulo familiar para otimizar o desenvolvimento da criança;
3- Detextar o possível problema do filho e apresentar explicações quanto a encaminhamentos necessários.

Fonte: Revista do Conselho Federal de Fonoaudiologia. Comunicar. Ano XI, nº 45, Abril-Junho de 2010.