Categoria: Saúde
CÓDIGO: 18109447
TÍTULO: Cordas Virtuais
DESDE: 04-2010
AUTOR / RESPONSÁVEL: Flávia Tamarindo
URL: cordasvirtuais.blogspot.com/
Você pode votar 1 vez por email, por Facebook e pelo Twitter

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Manual Diretrizes de Atenção à Pessoa com Síndrome de Down é lançado pelo Ministério da Saúde



O Ministério da Saúde lançou nesta quarta-feira (26/09) o manual Diretrizes de Atenção à Pessoa com Síndrome de Down e a sua versão acessível, intitulada Cuidados de Saúde para as Pessoas com Síndrome de Down. As publicações, que estão disponíveis no site do Ministério foram apresentadas no Centro de Referência da Pessoa com Deficiência de Irajá, no Rio de Janeiro.
“As diretrizes trazem uma orientação clara do Ministério da Saúde para que os profissionais de saúde saibam como diagnosticar e acompanhar pessoas que têm síndrome de Down. O manual tem desde orientações mais simples até questões mais complexas, para todas as fases da vida”, afirmou o ministro da Saúde Alexandre Padilha.
Versão acessível contou com consultoria do Movimento Down
Além de participar do Grupo de Trabalho que deu origem às diretrizes, o Movimento Down atuou na elaboração da versão acessível do manual, que traz conteúdos adaptados para que possam ser lidos e compreendidos por pessoas com síndrome de Down.
“A versão acessível é fundamental para que pais e pessoas com síndrome de Down possam inclusive cobrar dos profissionais de atendimento, conversar sobre determinadas orientações”, ressaltou Padilha.
Breno Viola, Coordenador de Conteúdo Acessível do Movimento Down, se disse emocionado por colaborar com a versão acessível das diretrizes. “Tenho muito orgulho em estar aqui. Muitas pessoas ainda não sabem tratar as pessoas com síndrome de Down como iguais. Nós temos direito de ser tratados como cidadãos”, disse Viola, de 31 anos, que tem síndrome de Down.
Coordenadora do Movimento Down, Maria Antônia Goulart lembrou que as diretrizes são um passo muito importante para melhorar o atendimento a pessoas com síndrome de Down em todo o Brasil. Mãe de Beatriz, uma menina de dois anos que tem síndrome de Down, a advogada também frisou a importância da acessibilidade intelectual no desenvolvimento de uma sociedade mais inclusiva.
“O Brasil é pioneiro ao lançar esse documento [acessível], estamos muito felizes em participar do projeto. As pessoas com deficiência intelectual precisam de conteúdos adaptados. O manual traz informações muito importantes sobre saúde e hábitos saudáveis, é fundamental que os maiores interessados possam compreender seu conteúdo”.
Pai de Beatriz, o senador Lindbergh Farias festejou a criação das diretrizes e destacou as dificuldades enfrentadas pelos familiares de pessoas com síndrome de Down para encontrar profissionais com conhecimentos sólidos sobre a trissomia.
“É preciso conhecer as especificidades, saber, por exemplo, que 50% das crianças com  síndrome de Down têm problemas cardíacos. Existem questões importantes e os profissionais pelo Brasil afora não sabem como proceder. Hoje é um dia de vitória, tenho certeza que esse manual vai salvar muitas vidas”, comemorou.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

I Encontro de Familiares e Cuidadores de Pessoas com Alzheimer do Vale do São Francisco



Acontecerá em Petrolina-PE, no período de 28 e 29 de Setembro de 2012, o I Encontro de Familiares e Cuidadores de Pessoas com Alzheimer.

O evento será promovido pela ABRAz - Associação Brasileira de Alzheimer (Sub-regional Petrolina-PE) e contará com a participação de vários profissionais: médico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista e terapeuta ocupacional.

Maiores informações no cartaz abaixo:


domingo, 16 de setembro de 2012

I Encontro Nacional de Fluência e Gagueira / III Encontro Pernambucano de Gagueira




Olá pessoal,

No próximo mês de Outubro muita coisa boa acontecerá na área da Fonoaudiologia.
E para preencher ricamente nosso Dia Internacional de Atenção à Gagueira (22 de Outubro), acontecerá nos dias 22/10 e 23/10 o I Encontro Nacional de Fluência e Gagueira em Recife-PE e o III Encontro Pernambucano de Gagueira. O evento será promovido pelo Programa de Mestrado em Ciências da Linguagem e o Curso de Fonoaudiologia da Universidade Católica de Pernambuco.


LOCAL: Auditório GII da Universidade Católica de Pernambuco
Rua do Príncipe, 526 – Bloco G
DIAS: 22 e 23 de outubro de 2012
HORÁRIO: 22/10 – 14 às 21 horas
23/10 – 14 às 18 horas


Vejam só a programação:

DIA 22 DE OUTUBRO – segunda-feira

14:00 às 14:30 – Entrega de material e crachá
14:30 às 15:00- Abertura do I ENCONTRO NACIONAL DE FLUÊNCIA E GAGUEIRA e do III ENCONTRO PERNAMBUCANO DE GAGUEIRA
15:00 às 17:30 – Mesa redonda: Novas perspectivas no tratamento da Gagueira
Palestrante: Profª Drª Sílvia Friedman (PUC-SP)
Coordenadora: Profª Drª Nadia Azevedo (UNICAP)

17:30 às 18:00 – COFFEE BREAK
18:00 às 19:00 – MICROSOM – Utilização do speech easy por pessoas que gaguejam
19:00 às 20:00 – Mesa redonda: Fluência e prosódia (título a confirmar)
Palestrante: Profª Drª Marígia Ana Aguiar
Coordenador: a confirmar

20:00 às 21:00 – Apresentação de trabalhos sobre Fluência/Prosódia e Gagueira
Depoimentos de pessoas que gaguejam

DIA 23 DE OUTUBRO – terça-feira
14:00 às 15:30 – Mesa redonda: Novas perspectivas no tratamento da Gagueira
Palestrante: Fga Leila Nagib (UFRJ)
Coordenadora: Profª Drª Renata da Fonte (UNICAP)

15:30 às 16:30 – Palestra sobre Grupos de Atendimento à pessoas com Gagueira
Palestrantes: Fga Ms Tatiana Cavalcanti e Mestranda Larissa Petrusk

16:30 às 17:30 – Apresentação de trabalhos sobre Fluência/Prosódia e Gagueira
Depoimentos de pessoas que gaguejam
17:30 às 18:00 – Encerramento do evento



Os interessados poderão inscrever-se pelo site: http://www.unicap.br/Gagueira/

Divulguem! 

Beijos!!!



XX Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia - 2012






O XX Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia se aproxima.
Estamos na contagem regressiva para apresentar os nossos, conhecer outros trabalhos, encontrar amigos, fazer novos amigos e claro, fortalecer nossos laços com a Fonoaudiologia - Ciência da Comunicação Humana.

Principalmente quando moramos distante dos grandes centros, não devemos perder a oportunidade de participar desse momento único de trocas de experiências, firmando compromisso com a nossa profissão e atualizando nossos saberes.
Essa atualização nos permite maior segurança em nossas ações diárias, oferecendo o que há de melhor para quem precisa da fonoaudiologia onde quer que estejamos inseridos. Vale muito a pena participar.
Quem não se inscreveu, ainda dá tempo!

Segue o link com a Programação Científica para que possamos nos organizar com antecedência e aproveitar ao máximo essa oportunidade.


Informações sobre o XX Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia: www.sbfa.org.br

Nos encontraremos lá, se Deus quiser!!!